viernes, enero 19, 2007

Minha Doce Manu

Tal um koan meu amor por ela.
O infinito elevado ao infinito.
Estas sempre rodando comigo no movimento da lemincasta.

3 comentarios:

a docinho da manu ^^ dijo...

e daqui a pouco o dia vai querer raiar... o sol noturno tal como o infinito que se eleva quando ela está por perto!

saudades desde já

[com a creteza de um reencontro próximo]

=O)

carolina dijo...

nhori nhori
libélulas avoa, mais libélula volta
^^

carolina dijo...

acha o balthus e pore por aqui, num proximo post
:)