viernes, diciembre 08, 2006

Tereza entrou em sua pequena casa. Os buracos na parede nada lhe diziam, a casa nada lhe dizia. A ausência dos fonemas dizia a Tereza mais do que ela precisava ouvir, a ausência dos fonemas soava como um estrondo em seu coração.

Aguçava seus ouvidos para ouvir o silêncio dos buracos da casa... Acabou por encontrar seu retrato preto e branco fincado na casa com buracos na parede.

4 comentarios:

Stephannie dijo...

Hérika,esse post é totalmente visual.Dá pra imaginar Tereza,o silêncio,os buracos na parede..tudo em duas cores.Um interessante desfalque nos seus dez mega pixel...: )
beijos

Leonilson dijo...

O que será que Tereza procura?? ao escutar a voz que vem de dentro que respostas podemos encontrar? Mistério...

Um xero Hérika

Stephannie dijo...

Tereza tb tem buracos...E de lá não vem nenhum som.

:O

carolina dijo...

o conto do kafka, q te falei. procura na biblioteca, num livro fininho só de contos q esqueci agora o nome...poxa, vou lembra e te falo.
isso aí é klimt?